Monthly Archives: April 2010

Pois faltam provas? Nada se "viu"? Então ao Procurador da República ainda resta responder!

Pois mais pergunta-se: Quem afinal falsifica situações e telegrama (oficial) atribuìdo ao Reitor?  O Sr. Sabia? Quem inspirou termos desse telegrama? O Sr. foi enganado?  Acreditou? (“fac-simile” – para ler: clicar duas vezes sobre a figura) Nota: como Ementa para curso … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

"Isto posto". Exatamente, agora, para o Sr. Procurador Federal responder pelo quanto não escreve – quando deve.

Então o  “isto posto” quer dizer: “Falta de provas?”Cáspite! Pois atrás dos presupostos do cargo e parecer de fachadao ilustre procurador escondeu-se de responder. Faltou à verdade. Fingiu não ver prova. No mais do vazio, razões aladas, nada respondeu. Eis restantes palavras  … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

O pior dos cegos: Procurador Federal se nega ver provas – diante de si

Carta aberta ao Excelentíssimo Sr. Procurador Geral da República Ref:- Sobre atuação antiética de procurador federal – último exercício – Parte I. Certamente, Sr. Procurador, as leis do País são para sem cumpridas. E salvo engano, justamente e, muito mais, deverão ser … Continue reading

Posted in Concurso publico fraudulento. Procurador federal arrogante. Leviandade funcional. Parecer acobertador devolvido para retificações. Prova de conluio. | Leave a comment

Como seria um curso de Engenharia Ambiental ministrado em Inconfidentes?

Entre outros aspectos resta aprender e aproveitar a tragédia no Rio de Janeiro. E eis o atraso geral, técnico, político e administrativo – dentro do qual o Brasil se encontra, também virtualmente espelhado nesse pequeno mundo de Inconfidentes (MG). Certamente muito se poderia contribuir … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Afinal quem agora responde por enganar aluno?

Da incompetência técnica ao desvirtuamento educacional – matéria exemplar Ao invés da criar um  curso verdadeiro de Engenharia Ambiental, não. E sem haver a mínima disposição para ouvir proposta nesse sentido capaz de atender à Portaria MEC Nº 1.693/94 quanto ao ambientalismo e Resolução … Continue reading

Posted in Engenharia e Gestão Ambiental. Aluno enganado. Pressão indevida sobre o CREA | Leave a comment